Anuncio

Bolsonaro diz que Maia passou a se interessar pela "pauta LGBT" após trabalhar com Dória

"O gordinho quer agradar o patrãozinho dele" disse Bolsonaro sobre Rodrigo Maia


Foto: AFP

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), afirmou nesta quinta-feira (9), que o ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia, teria passado a se interessar pela “pauta LBGT” após ter ido trabalhar com governador de São Paulo, João Dória (PSDB). “Ele quer agradar seu patrão”, acrescentou Bolsonaro, durante a realização de uma de suas tradicionais lives. A fala vem após Maia afirmar que Bolsonaro é gay e não assumiria sua sexualidade devido à formação militar.

Bolsonaro questionou os argumentos de Maia durante a transmissão. “Olha os argumentos dele: ele é militar, tem vergonha de sair do armário, leva jeito. Você vê a coincidência, né? Ele foi trabalhar com o Dória e começou a se interessar pela pauta LGBT. Ele quer agradar o seu patrão. O gordinho quer agradar o patrãozinho dele”, ironizou.

Jair Bolsonaro continuou sua fala dizendo que não iria “acusar” Maia de ser gay, porque segundo ele, “ser não é crime”, disparou. “Eu fico até feliz, sabia? É esse o defeito que você vê em mim, Rodrigo Maia? Não tem outra acusação?” perguntou nos minutos finais da live.

Em agosto, Rodrigo Maia foi nomeado secretário de Projetos e Ações Estratégicas do governador de São Paulo, João Dória. Na semana passada, em entrevista ao podcast Derrete Cast, o parlamentar comentou acreditar que Bolsonaro poderia ser gay. "Eu tenho uma grande dúvida (se o Bolsonaro é gay). Eu acho que é. Não tem nenhum problema. Não tem uma mulher que ele (Bolsonaro) admire, ele não gosta", disse Maia.

O Povo

Postar um comentário

0 Comentários