Anuncio

Ceará deve criar 25 mil empregos temporários e efetivos até o fim de 2021, prevê Sine/IDT

Somente nesta sexta-feira (3) o Sine está com 700 vagas temporárias para o comércio. Há chance de efetivação


Foto: Thiago Gadelha

O avanço da vacinação no Ceará vem mostrando reflexos positivos sobre o mercado de trabalho formal. De acordo com o Sine/IDT, devem ser captadas e lançadas para a população cerca de 25 mil vagas de emprego entre agosto e dezembro deste ano, entre efetivas e temporárias. Na comparação com igual período do ano passado, são cinco mil a mais.

O presidente do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho, Vladyson Viana, avalia que a ampliação da cobertura vacinal tem proporcionado mais segurança aos empreendedores para o investimento na abertura de novas vagas.

“O segundo semestre historicamente mostra uma empregabilidade maior, devido à sazonalidade, temos a alta estação e há um aquecimento. Nós observamos que em 2020 o saldo foi negativo em 48 mil vagas formais. Este ano, até junho, temos um saldo positivo de 43 mil vagas”, pontua o presidente do IDT.

A maior parte das vagas, efetivas e temporárias, são do comércio e serviços. A indústria, com destaque para a têxtil e de transformação, também é uma atividade que possui protagonismo na geração de vagas no segundo semestre.

Temporários

Só nesta sexta-feira (3) serão divulgadas pela entidade cerca de 700 vagas temporárias requisitadas pelo comércio para o cargo de vendedor pracista. Apesar de ser uma contratação com prazo para acabar, Viana lembra que existe uma chance de 20% a 25% de efetivação.

“Muitas dessas vagas temporárias não exigem experiência na área de vendas, então qualquer trabalhador que está iniciando pode buscar essas oportunidades. À medida que ele vai se destacando, pode conseguir uma colocação fixa”, explica o presidente do IDT.

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas), Cid Alves, corrobora com as expectativas positivas apoiadas no avanço da vacinação. “Isso dá mais segurança ou menor insegurança para as contratações”, diz.

Ele pondera que a inflação é um ponto que desestimula o consumo, mas acredita que “ela já teve um pico maior”. “Muitos produtos estão com os preços voltando ao normal porque as indústrias estão retomando sua capacidade de produção. Mesmo com energia e combustíveis em patamares elevados, algumas mercadorias que trabalhamos estão tendo queda de preços”, arremata Cid Alves.

Efetivação

Para que uma contratação temporária se transforme em efetiva, na avaliação de Vladyson Viana, a dica é ter dedicação e comprometimento em relação à vaga e à empresa. “Quanto mais comprometido e dedicado e quanto maior a postura profissional quanto às metas da empresa, maior a chance”, diz.

Serviço

As unidades do Sine retomaram o atendimento presencial por agendamento, de acordo com o plano de flexibilização das atividades econômicas no Ceará.

O agendamento pode ser realizado através do portal do Sine. Em caso de opção pelo atendimento nas unidades que funcionam nos Vapt Vupts, os usuários do sistema IDT/SINE devem agendar o seu atendimento.

Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários