Anuncio

Dilma revela a amiga que milicianos invadiram apartamento no Rio

Ex-presidente teria dito que o objetivo da ação era instalar escutas no imóvel





Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

A ex-presidente Dilma Rousseff, que teve o apartamento arrombado no Rio de Janeiro, confirmou a uma amiga, por ligação telefônica, que os responsáveis pela ação foram milicianos. Estes teriam adentrado ao imóvel para instalar escutas. A informação é do colunista Ricardo Noblat do portal Metrópoles. 

O jornalista revelou que Dilma tem "certeza" da autoria do crime. O imóvel, que era da mãe da petista, estava desocupado porque ela mora em Porto Alegre.

A 200 metros da Praia de Ipanema, no Rio, o apartamento de Dilma foi arrombado no último sábado (28), quando vizinhas perceberam que a porta havia sido forçada.

A 14ª Delegacia de Polícia, no bairro Leblon, registrou a ocorrência. Como o apartamento estava vazio, nada foi levado. A perícia realizou a análise do local no domingo (29).

Procedimento Cirúrgico

Dilma foi internada nessa quarta-feira (1º) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde será submetida a uma cirurgia no coração.

A petista vai passar por um cateterismo para o fechamento do forame oval patente (FOP), um buraco que se forma na membrana que separa os dois átrios do coração.

Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários