Anuncio

Jogador de futebol é encontrado morto no mar após 36 horas desaparecido

 Atleta do Osasco, Anderson Lourenço havia sumido na madrugada de sexta-feira (24)


Foto: Reprodução / Redes Sociais

pós ficar mais de 30 horas desaparecido, o jogador de futebol do Osasco, Anderson Lourenço, de 23 anos, foi encontrado morto no mar de Praia Grande, no litoral de São Paulo. O atleta sumiu na madrugada de sexta-feira (24), em Mongaguá, para onde viajou com a família. 

"Por volta das 2h da manhã, ele deixou as roupas dele, chave, documento, e falou para o meu cunhado que iria dar uma volta. Depois de uns cinco minutos, meu cunhado sentiu falta dele, porque ele não é de sumir assim", contou a esposa dele, Larissa Oliveira, ao G1. 

Os familiares chegaram a pedir resgate ao Corpo de Bombeiros e à Polícia, mas foi um pescador que encontrou o corpo do jogador boiando no Balneário Flórida, no mar de Praia Grande, após 36 horas do que a família descreveu como "desespero". 

O Grupamento de Bombeiros Marítimos (GBMar) recolheu o corpo do atleta e encaminhou ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade.

Larissa suspeita de que ele tenha andado por cerca de 10 km até chegar ao mar e se afogar. O IML, no entanto, ainda não confirmou a causa da morte. 

"Como ele era jogador e tinha uma saúde boa, ele deve ter andado alguns quilômetros, cansado, ido jogar uma água no corpo, e a água deve ter levado ele", imagina a esposa, que tem um filho de 11 meses com Anderson. 



Fonte: Diário do Nordeste


Postar um comentário

0 Comentários