Anuncio

Doria aposta que Bolsonaro não irá ao segundo turno: "Se autodestrói"

Governador de São Paulo ressaltou que a 'terceira via' precisará dialogar com a sociedade civil e poderá ter até dois candidatos

Foto: Reprodução/Redes Sociais

João Doria (PSDB),  governador de São Paulo e pré-candidato tucano à Presidência da República, afirmou em entevista ao programa Canal Livre, na noite do último domingo (09), que não acredita em uma eventual reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL).

"Nenhuma pesquisa antecipa resultado, ela revela apenas o retrato momentâneo. Mesmo com 20% ou 25% nas pesquisas, não acredito que Bolsonaro vá para o segundo turno, o vejo em declínio. Ele se autodestrói, é o seu maior adversário", afirmou Doria.

Terceira via

O pré-candidato a comandar o Palácio do Planalto também ressaltou que o trabalho da 'terceira via' será de dialogar com a sociedade civil e diminuir seu número de representantes.

"Haverá um juízo para se encontrar a melhor via. Em junho vamos ter essa concretude para que a terceira via possa ser expressada em um ou dois candidatos. Lembrando que Ciro Gomes (PDT) será candidato até o final", ressaltou o governador.

Alianças

Questionado sobre uma eventual aliança com o ex-juiz Sérgio Moro (Podemos), com quem se reuniu em dezembro, o ex-prefeito de São Paulo deixou a possibilidade em aberto. "O encontro com Moro foi bom. Eu gosto dele, o mundo da política não gosta. Vamos manter o diálogo até maio, junho, e lá ver quem tem maior viabilidade para disputar em nome da terceira via".

Por fim, o governador paulista definiu que as eleições neste ano serão definidas por dois fatores: capacidade de enfrentamento à 'campanha suja' que será realizada por Bolsonaro e Lula (PT) e uma dúvida sobre a capacidade dos candidatos em administrar o Brasil.

"O país vai fazer um novo teste? Olha o que deu o teste com Bolsonaro. Desastre na economia, no plano social, na saúde. Testamos errado, erramos na mosca. Imaginamos eleger um sonho e ganhamos um pesadelo", finalizou Doria.

Fonte: iG 

Postar um comentário

0 Comentários