Anuncio

Obras da Arena Romeirão, em Juazeiro do Norte, chegam a 93% de conclusão

Segundo o superintendente de obras públicas do Estado, Quintino Vieira, da Superintendência de Obras Públicas do Ceará (SOP-CE), a preivisão é de que a Arena Romeirão seja entregue no final de março deste ano

Foto: Reprodução/Governo do Ceará

As obras de modernização do Estádio Mauro Sampaio, a Arena Romeirão, em Juazeiro do Norte, estão 93% concluídas. Ocupando uma área de aproximadamente 47 mil metros quadrados, o espaço terá capacidade para receber mais de 17 mil pessoas, equivalendo a um investimento de R$ 90 milhões ao Governo do Estado do Ceará.

De acordo com o superintendente de obras públicas do Estado, Quintino Vieira, da Superintendência de Obras Públicas do Ceará (SOP-CE), em entrevista à jornalista Nildenia Damasceno, da rádio CBN Cariri nesta terça-feira, 18, o gramado do campo de jogo e o gramado sintético do entorno do campo já estão concluídos, além de toda a parte de concreto, da área destinada à imprensa e dos camarotes.

"Ontem, tivemos uma visita do nosso pessoal em Santa Catarina, onde estão sendo produzidas as cadeiras do Romeirão, constatando que já se encontram 4 mil cadeiras prontas das 17 mil. Então, elas devem estar vindo para Juazeiro no início de fevereiro, as que já estão prontas, para começarem a ser colocadas", explica o superintendente.

As obras no estacionamento do local tem previsão para serem iniciadas na próxima semana, de acordo com Quintino. Além disso, a parte de iluminação do estádio falta ser finalizada. Ao todo, serão 17.447 locais para o público assistir aos jogos sentado, com previsão de que o Romeirão seja inaugurado no final de março deste ano. "Estamos trabalhando para isso", pontua Quintino Vieira.

"Já estamos conversando com a Federação Cearense de Futebol, com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que estará visitando o estádio na próxima semana para a gente poder receber jogos nacionais e internacionais. A CBF vem visitar o Romeirão para constatar a construção do estádio dentro de todas as normas que ela exige", completa Quintino.

Fonte: O Povo 

Postar um comentário

0 Comentários