Anuncio

Cade aprova compra da Extrafarma pela Pague Menos, que terá de vender lojas em 5 cidades no Ceará

Aquisição deverá ser analisada pelo Tribunal do Cade e ser concluída até 2 de setembro de 2022



Imagem: Reprodução/ Redes Sociais

A Pague Menos recebeu sinal verde da Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (SG/ Cade) para concluir a compra da rede de farmácias Extrafarma. Apesar da aprovação, as empresas celebraram um acordo para preservar a concorrência de mercado em 5 cidades no Ceará. 

A aquisição deverá ser concluída após pagamento de R$ 700 milhões, mas terá de contar com um processo de venda de lojas da Extrafarma nas cidades de Russas, Canindé, Limoeiro do Norte, Aracati, e Horizonte no Ceará; Chapadinha e Codó no Maranhão; e Caicó no Rio Grande do Norte. 

As unidades, segundo a Pague Menos, representam "menos de 3% da base de lojas da Extrafarma".

A iniciativa de desinvestimento foi confirmada após acerto de um Acordo em Controle de Concentrações (ACC). 

Como próximo passo, o processo de compra será analisado pelo Tribunal do Cade e tem até o dia 2 de setembro de 2022 (prazo máximo legal) para decidir "de forma definitiva sobre as recomendações da SG, incluindo os termos do ACC negociado".

ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO
Em um comunicado oficial ao mercado, Luiz Renato Novais, diretor vice-presidente financeiro e de relações com investidores da Pague Menos, destacou que a compra da Extrafarma é um passo importante para as estratégias futuras da empresa. 

"Conforme fato relevante divulgado em 18 de maio de 2021, a Transação é um marco importante na aceleração da estratégia de crescimento da Companhia. A Companhia manterá seus acionistas e o mercado em geral informados acerca dos desdobramentos relevantes relacionados à Transação", disse.

DADOS FINANCEIROS
Segundo relatório do Cade, em 2020, a Pague Menos registrou um faturamento de R$ 7,308 bilhões, enquanto a Extrafarma registrou R$ 2,106 bilhões em faturamento. 

Reprodução: Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários