Anuncio

Concurso para professores de escolas indígenas é anunciado com 200 vagas, no Ceará

A seleção pretende beneficiar 29 instituições de 13 etnias diferentes presentes no estado. Os professores selecionados também vão ser indígenas.



Imagem: Reprodução/ Redes Sociais

Concurso público para a seleção de 200 professores que vão trabalhar em escolas indígenas foi anunciado, nesta terça-feira (17), pela governadora do Ceará, Izolda Cela. As vagas vão ser distribuídas entre ensino fundamental e médio e os professores também vão ser indígenas.

Izolda explicou que a seleção pretende beneficiar 29 escolas indígenas de 13 etnias presentes no estado. O concurso vai ter três etapas: prova escrita, prática e análise de títulos.

"As vagas serão tanto para o ensino fundamental, nos anos iniciais, portanto, para professor polivalente, como também para áreas de conhecimento, que os anos finais já exigem, assim como o ensino médio", comentou Izolda.

A secretária de Educação do Ceará, Eliana Estrela, também esteve presente no evento do anúncio. Ela afirmou que a Seduc pretende impor celeridade ao processo. “Nós vamos botar a mão na massa para que em nenhum momento pare esse processo, para que todo mundo possa estar muito empenhado”, disse a secretária.

Cristina Pitaguary, coordenadora da Organização dos Professores Indígenas do Ceará (Oprice), também comentou a seleção. É um momento histórico, que a gente já espera há 30 anos. Sabemos que nossa classe de professores indígenas já está com quase 700 professores, e vamos ter esse concurso com 200 vagas, mas mesmo assim, é uma felicidade para a gente. É uma porta que está abrindo para que aconteçam outros.

Reprodução: G1 Ceará

Postar um comentário

0 Comentários