Anuncio

Romeirão completa 52 anos de fundação e história no Cariri

De Estádio para Arena, o Romeirão é a paixão dos desportistas do Cariri

Imagem: Reprodução/ Redes Sociais 

Agência Caririensi

Inaugurado em 1 de maio de 1970, A Arena Mauro Sampaio (conhecido como Romeirão, e atualmente, Arena Romeirão) é um estádio e arena multiuso de futebol localizado em Juazeiro do Norte, no estado brasileiro do Ceará. 

Fundação 
Construído por iniciativa do então prefeito de Juazeiro do Norte, Mauro Sampaio, o Romeirão foi inaugurado em meio às comemorações do dia do trabalho de 1970, em um jogo entre Fortaleza e Cruzeiro, vencido pelo time mineiro pelo placar de 3 a 0. O primeiro gol do estádio foi marcado pelo cruzeirense Natal. À época, o estádio teve o custo da construção estimado em 800 mil cruzeiros novos. Desses, 100 mil cruzeiros novos foram dados pelo então governador do Ceará, Plácido Aderaldo Castelo. Na época em que foi inaugurado, a capacidade do Romeirão era de 30 mil pessoas.

História 
Em 3 de junho de 1984, o Romeirão foi palco do jogo de despedida de Sócrates do futebol brasileiro, uma vez que o atleta estava se transferindo para o Fiorentina, da Itália. Foi um amistoso entre Corinthians e Vasco, com a participação do atacante Roberto Dinamite, que terminou com a vitória do clube paulista por 3 a 0.
Geraldino Saravá foi o jogador que marcou o maior número de gols no estádio, com 72 gols marcados.[8] Entre os jogadores que passaram pelo estádio, estão Garrincha, que jogou em 21 de abril de 1972, defendendo a equipe do Olaria, já na fase final da carreira, e Pelé, que atuou em um amistoso pelo Santos em 3 de abril de 1974.

Arena
Inaugurada nesta segunda-feira (28), em Juazeiro do Norte, a reforma e ampliação do Estádio Mauro Sampaio, a chamada Arena Romeirão. A arena tem a capacidade para cerca de 17 mil pessoas, com museu do futebol, praça de alimentação, camarotes e cabines para imprensa modernas.

Postar um comentário

0 Comentários