Anuncio

Barbalha: Casos suspeitos de varíola dos macacos notificado no município são descartados

A Secretaria de Saúde de Barbalha descartou, na noite desta quinta-feira (28), os dois casos suspeitos de Monkeypox, doença conhecida como “varíola dos macacos”, no município.

Imagem: Reprodução/ Agência Brasil

Os casos descartados são da mesma família com histórico de viagem recente. As pacientes foram atendidas pelo serviço de saúde local, fizeram isolamento domiciliar e não apresentaram sinais graves da doença.

A Secretaria de Saúde orienta que caso alguém apresente sintomas característicos da varíola dos macacos (monkeypox) – febre alta súbita, dor no corpo, adenomegalia (aumentos dos gânglios), fraqueza e dor nas costas, e com presença de erupções cutâneas – , ou que teve contato com caso suspeito ou confirmado da doença, deve procurar a unidade de saúde mais próxima para avaliação médica.

O que é a Varíola dos Macacos?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a doença recebeu esse nome porque foi identificada pela primeira vez em colônias de macacos mantidas em um laboratório dinamarquês, em 1958. O primeiro caso humano foi identificado em uma criança na República Democrática do Congo, em 1970. A varíola dos macacos é causada pelo vírus Monkeypox.

Apesar de ser da mesma família da varíola humana, o patógeno causador da doença dos macacos tem menor risco de complicações.

Quais os Sintomas?

Segundo a OMS, os sintomas duram entre duas e quatro semanas, mas desaparecem por conta própria sem tratamento. A orientação é que as pessoas com os sinais descritos abaixo procurem orientação médica e comuniquem possível contato com alguém infectado.

Conheça os sintomas:

Febre;

Dores de cabeça intensa, musculares e/ ou nas costas;

Baixa energia;

Linfonodos inchados;

Erupções cutâneas ou lesões.

Geralmente, a erupção se apresenta de um a três dias após o início da febre. As lesões podem ser planas ou levemente elevadas, cheias de líquido claro ou amarelado, podendo formar crostas, secar e cair.

Segundo o órgão, o número de lesões em uma pessoa pode variar de alguns a milhares. A erupção tende a se concentrar no rosto, palmas das mãos e solas dos pés. Eles também podem ser encontrados na boca, genitais e olhos.

Postar um comentário

0 Comentários