Anuncio

Glêdson Bezerra começa a sentir sua popularidade cair, e se isola (OPINIÃO)

 

Imagem: Reprodução/ Redes Sociais 

Coluna de opinião Política de A a Z por Karol Matos

Após 1 anos e sete meses do início de sua gestão, o prefeito de Juazeiro do Norte se isola, e desaparece de diversas festas tradicionais da cidade.

Com uma forte oposição na casa legislativa, inúmeras denúncias de corrupção, grandes números de rejeição entre a população, e uma suposta traição ao grupo liderado pelo ex-governador Camilo Santana, Glêdson começa a sentir o peso de ser prefeito da maior cidade do interior do Ceará. A falta de articulação política de Glêdson é criticada pelos próprios aliados, que dizem nos bastidores não entender a falta de diálogo, e a arrogância do prefeito. 

No último Domingo, 31, aconteceu a maior festa da zona rural de Juazeiro, a tradicional corrida do Jumento no sítio Amaro Coelho, o prefeito com medo da sua desaprovação entre à população, não apareceu.

Postar um comentário

1 Comentários

  1. O grande problema de Juazeiro do Norte é que a população ainda não se acostumou com uma administração séria, que zela pelo dinheiro público. Ao contrário de outras administrações que privilegiava uma meia dúzia de aliados, Gledson tempriorizado os recursos, investindo em obras que beneficiam diretamente a população.

    ResponderExcluir